Pesquisar este blog

segunda-feira, 9 de outubro de 2017

segunda-feira, 18 de setembro de 2017

Terceiro dia líquido - bariátrica 10

Isso foi ontem, hj já aprendi uma técnica para coar rapidinho! e hj até que o caldo foi legal viu, mas tou com uma fome!

quinta-feira, 14 de setembro de 2017

“Da Lama ao Caos”


“Da Lama ao Caos”

Hoje por volta das 13h, fui surpreendida por um banho de Lama enquanto caminhava normalmente, pela calçada, na rua Santa Catarina, na calçada do Posto Policial.
Um ônibus da linha Albano Franco, vinha em alta velocidade e lançou sobre mim uma onda de lama, água de esgoto, acumulada por falta de escoamento do esgoto daquele prédio que fica anexo a uma escola. Já é tradição ter água empoçada naquele local dificultando a passagem dos pedestres. No momento não estava chovendo, estava uma tarde ensolarada, mas teve pancadas de chuva durante a manhã.
Na hora do ocorrido alguns pedestres estavam parados perto do local e viram a cena ficando indignados. Minha reação foi fazer um soco no ar para o motorista, visualizei o mesmo pelo retrovisor rapidamente, esbravejei para o mal-educado que logo desapareceu na pista em alta velocidade.
Fui ao trabalho, molhada de lama e com todo material dentro do bornal molhado, roupas que trocaria mais tarde para ir a faculdade, cadernos, documentos etc. Cancelei os compromissos de trabalho da tarde para ir em casa, muito distante, tomar banho, trocar de roupa e bolsa.
Ao comentar o episódio com uma pessoa, ouvi o comentário, “mas foi só um banho”, “você certamente estava distraída”! Sim, foi só um banho, de LAMA, que me impediu de realizar um compromisso no trabalho, que me fez gastar mais duas passagens para ir em casa, que fica muito distante, que me jogou água de esgoto com risco de doenças.
Não, não sou CULPADA de andar corretamente pela calçada, numa tarde ensolarada.
Esse comentário faz lembrar um ditado: “Pimenta nos olhos dos outros é refresco”!
Agora vamos falar o principal, sobre a infração prevista no CTB (CÓDIGO DE TRÂNSITO BRASILEIRO) para o motorista imprudente que comete essa falta de civilidade. Conforme o Art. 171 do CTB, Usar o veículo para arremessar, sobre os pedestres ou veículos, água ou detritos: Infração – média; Penalidade – multa.
Multa (R$ 85,13 e 4 pontos)
 Tal entendimento é o constante, inclusive, do Manual Brasileiro de Fiscalização de Trânsito (Volume I – Resolução do Conselho Nacional de Trânsito n. 371/10), que assim prevê os casos que devem ser autuados:
“Condutor que intencionalmente atinge pedestre (ou veículos) com água ou detritos que se encontram na pista de rolamento: 
* existindo condições de desviar ou reduzir a velocidade, não o faz; 
* mudando o curso do veículo para arremessá-las”.
Fonte: http://www.ctbdigital.com.br/?p=Comentarios&Registro=310&campo_busca=&artigo=171

Outro ponto a se observar é qualidade dos motoristas que carregam vidas diariamente. Em 01 ano, já tive vários incidentes nos ônibus da capital. Não vou achar que é normal, muito menos que foi azar. A partir de agora vou sim reclamar, afinal não uso o sistema de transporte gratuitamente, pago muito caro, exijo serviço de qualidade. Motoristas desatentos, estressados, mal-educados precisam melhorar o atendimento com o público.
Pesquisei e vi o telefone para reclamar na ouvidoria da SMTT, não vou reclamar dessa vez, vou esperar a partir de agora, fica só um alerta para que todos exijam tratamento de qualidade no transporte público e respeito aos pedestres.



Vejam a letra da música e que bela interpretação nesse blog abaixo:

http://criticacomportamental.blogspot.com.br/2010/09/arte-comportamental.html


Música de Chico Science & Nação Zumbi, a música da Lama ao Caos:


Da lama ao caos

Posso sair daqui para me organizar
Posso sair daqui para desorganizar
Posso sair daqui para me organizar
Posso sair daqui para desorganizar

Da lama ao caos, do caos à lama
Um homem roubado nunca se engana
Da lama ao caos, do caos à lama
Um homem roubado nunca se engana

O sol queimou, queimou a lama do rio
Eu ví um chié andando devagar
E um aratu pra lá e pra cá
E um carangueijo andando pro sul
Saiu do mangue, virou gabiru

Ô Josué, eu nunca ví tamanha desgraça
Quanto mais miséria tem, mais urubu ameaça

Peguei um baláio, fui na feira roubar tomate e cebola
Ia passando uma véia, pegou a minha cenoura
“Aí minha véia, deixa a cenoura aqui
Com a barriga vazia não consigo dormir”
E com o bucho mais cheio começei a pensar
Que eu me organizando posso desorganizar
Que eu desorganizando posso me organizar
Que eu me organizando posso desorganizar

Comportamento Crítico !: Arte Comportamental

Comportamento Crítico !: Arte Comportamental

Minha Bariátrica - parte 10

Oi, mais uma vez vou falar para vocês sobre o andamento da minha cirurgia, Terça-feira, dia 12-09-2017 fiz a última consulta, antes da cirurgia, com a Nutricionista, Dra Cecília, ela passou as orientações sobre a dieta líquida, começa amanahã, sexta-feira, assim que acordar não comer nada sólido até o dia da cirurgia. Sim, estou preparada, venho me preparando há meses para esses dias "emocionantes". Mas ela passou uma dieta que acho que vou sofrer pouco, pensei que seria pior.
Depois na mesma tarde fui na consulta com o Anestesista, Dr Enedino, depois de analisar todos os exames fui liberada para dar entrada no pré-internamento, já deixei tudo protocolado.
Agora é só esperar o grande dia. Sábado falo para vocês como anda minha dieta líquida.

quarta-feira, 6 de setembro de 2017

8 equipe do sigo

7 bolsa dos exames

6 menisco

5 fts antes e depois

4 chatice de responder os pqs

3 um ano depois cirurgia marcada

2 a trajetória da Bariátrica

Minha Bariátrica- vídeo 1

Agentes comunitários de saúde da família ganham novas atribuições

quarta-feira, 30 de agosto de 2017

PRESSA, PRESSÃO, MAU PRESSÁGIO!


As palavras de ordem nessa atual gestão da Secretaria Municipal de Saúde, são essas: Pressa e Pressão. O resulta em Mau presságio. Nem sempre a pressa dá certo, causar pressão é prejudicial e o resultado é desastroso.
A gestão da Prefeitura Municipal de Aracaju parece não conhecer a essência do trabalho do Agente Comunitário de Saúde, pois está exigindo desde o mês de agosto uma espécie de aceleração na rotina dos trabalhos do Agente Comunitário de Saúde.
Com a possibilidade da entrada de recursos do PMAQ, nesse Ciclo que se inicia, as equipes estão em processo acelerado para atingir “metas”. Metas essas, exigidas a todo vapor, não levando em consideração a QUALIDADE que o PMAQ exige e sim DADOS e RAPIDEZ. Desde segunda, dia 28/08 a Secretaria Municipal de Saúde emitiu folhas de assinaturas para controle de ponto. Controlar o ponto dos Agentes pela QUANTIDADE de cadastro e visitas realizadas no dia. Seria absolutamente normal se o “SISTEMA” de cadastro fosse como antes, que bastava alguns dados e pronto o profissional na visita conseguia fazer 10 visitas por dia, mas, nos termos do cadastro de hoje, fica impossível, já que os formulários para esse procedimento são enormes, com várias perguntas, detalhes da vida da família, que muitas vezes, possui até 10 moradores, e a ficha é um procedimento individual.
Portanto, se o Agente de Saúde faz uma visita numa casa que tem dez moradores ele fez dez cadastros individuais. No entanto, a Secretaria está EXIGINDO dez CASAS e não dez cadastros. Ora, só prova que a nova Secretária não deve conhecer o trabalho dos Agentes Comunitários de Saúde, o dia a dia desse profissional é mais profundo que ela imagina ou a gestão atual.
Quando entramos numa casa não apenas colhemos dados, colhemos conversa, escutamos, orientamos, ouvimos desabafos, queixas, alegrias e lamúrias. Não podemos simplesmente bater nas portas colher os dados correndo e sair sem ouvir a comunidade. Além de muitas vezes o ACS ter que voltar na unidade para buscar alguma resposta para o paciente, participar de reuniões, atividades educativas etc. Não vamos aqui detalhar o que a Secretaria deveria ter conhecimento.
Sem contar com a ausência de equipamentos que foram adquiridos para modernizar e agilizar esse tipo de trabalho, que já se encontra nos depósitos da Prefeitura há anos esperando para ser entregue e facilitaria o bom andamento do trabalho de toda equipe. Aliás, essa é a parte que emperra as atividades, pois, o trabalho feito manual é extremamente lento e repetitivo pois, o ACS tem que preencher a ficha na casa do usuário, depois digitar, colocar na pasta do arquivo e colocar na agenda para seu controle pessoal, já que recentemente , e só AGORA, a prefeitura contratou digitadores para fazer esse serviço. Antes o ACS ainda tinha que levar para digitar em casa, pois os postos, a maioria, não ofereciam recursos tecnológicos para isso.
Depois de uma greve da categoria a exigência ficou mais acirrada, até parece que seria uma forma de punição, para que a categoria não reclame mais, por ficar com salário defasado. Além da desorganização no controle de ponto, já que foi implantado o PONTO DIGITAL e mesmo assim, muitos estão assinando ainda folhas de ponto, outros não sabem se terão descontos, gerentes que não informam direito sobre o assunto, porque não sabem como ficará o controle. A prefeitura não sabendo ainda organizar esse controle, prefere colocar folhas que comprovem a visita. DESNECESSÁRIO, pois a folha do ESUS já é um controle. O ACS não pode INVENTAR dados, esse novo sistema não permite, pois sem alguns dados o profissional não consegue cadastrar, se inventar poderá responder pelo erro e já existe uma folha de visita no sistema. Fica a pergunta: para que mais uma folha de controle? Para que serve o ponto digital? Para que serve o cadastro?
Se a própria gestão não confia no cadastro, porque ela alimenta o sistema?

https://www.youtube.com/watch?v=dJpS-5QX8Ww



Fica como dica do verdadeiro trabalho do AGENTE COMUNITÁRIO DE SAÚDE esse documentário ( https://www.youtube.com/watch?v=dJpS-5QX8Ww) realizado por uma Agente, que mostra que não trabalhamos apenas com dados. Trabalho esse que teve apoio da Prefeitura na época da realização. Pois, a prefeitura, o trabalho dos funcionários, o PSF não muda, o que muda é GESTÃO, GESTORES, melhorias no sistema para atender os beneficiários, usuários e o povo. O que precisa é acabar com “mimimi”, palavras proferidas pelo atual GESTOR na ocasião de sua vitória, quando prometeu melhorar a QUALIDADE DE VIDA dos Aracajuanos, isso inclui os funcionários também.



quarta-feira, 22 de fevereiro de 2017

Extreme_More than words - Fernando e Sorocaba_Madri (Lu e Robertinho)

amo essa dupla

TRIO IDEAL BANDA VALNEIJÓS PROPRIÁ SE 2017 FARAÓ CAFFÉ PITTHA

" e eu vou... aliás não vou pq tou quebrada mas se tivesse dinheiro eu iria lkkkkkkkkkkkkkkkkk

TRIO IDEAL BANDA VALNEIJÓS PROPRIÁ SE 2017 JÓ BAIANO PAULINHO CAFFÉ PITT...

a Banda do meu coração Valneijós

Chico Science & Nação Zumbi Da Lama ao Caos 1994 Full Album

EMPRÉSTIMO DOS SERVIDORES - DA LAMA AO CAOS!

Fui na Caixa, 8h, saí 9h45min diante do CAOS, um monte de gente desesperado tentando ter informações, outros sem saber o que fazer e pouquíssimo saindo com seu dinheiro na mão.Estão pressionando o funcionário para que negocie uma das milhões de dívidas que alguns já têm. Os funcionários do banco se justificando aos gritos que a culpa não era deles, que deveríamos reclamar com a Prefeitura; que não tiveram tempo hábil para resolver o problema, se organizar para este grande "evento" (coisas do Brasil); que ao longo do dia tudo seria resolvido... enfim um completo desrespeito ao funcionário que já vem sendo massacrado há mais de um ano sem receber salário em dia, com diversas contas atrasadas e agora tendo que se humilhar no banco para receber seus vencimentos. Foi para isso que votaram na mudança? nossa mudou muito viu de Chico para Francisco... Eu perguntei ao funcionário o que fazer se não PUDESSE negociar no momento alguma pendência, ele respondeu que deveria ir para casa e aguardar o parcelamento EM 12 VEZES, com juros. Nossa que felicidade né! Sendo que o parcelamento só em 20 DE MARÇO. Sinceramente senti um olhar de pena, dos funcionários da CAIXA para conosco, não dava para ficar com raiva em momento algum deles, que estavam visivelmente solidários conosco.
Chato mesmo foi encontrar um REPRESENTANTE DO SACEMA no banco e pedir que ele se pronunciasse na imprensa que estava no local para falar por nós, que o legitimamos como nosso representante, enquanto sindicato, e ouvir a resposta dele: EU ESTOU AQUI NESSE MOMENTO COMO AGENTE E NÃO COMO SINDICATO , FALE VOCÊ!
Eu respondi que não pois ele era do sindicato e eu só seria até a ASSEMBLEIA DE AMANHÃ. Vou me desfiliar assim que conseguir encontrar aquela sede de portas abertas. Quando for a nova eleição eu volto para escolher uma DIRETORIA que possa ME REPRESENTAR DIANTE DE ALGUM PROBLEMA, como já houve, quando em outras ocasiões recorri ao Sindicato e tive resolutividade.

oi

;

COPIE O LINK


Ocorreu um erro neste gadget

ON

Link-me

blog Pictures, Images and Photos" border="0" />

giro pelo mundo

La isla Bonita